Futebol do Piauí

FFP CONFIRMA AFASTAMENTO DO COMERCIAL ATLÉTICO CLUBE DO ESTADUAL

Fonte: Samila Milhomem - FFP

A Federação de Futebol do Piauí (FFP) realizou nesta quarta-feira (18) uma coletiva de imprensa para tratar sobre a desistência do Comercial Atlético Clube de disputar a Série A do Campeonato Piauiense de Futebol 2017. A decisão do clube foi confirmada à FFP através de ofício, datado do dia 17 de janeiro do corrente ano, onde o mesmo informa motivos de condições financeiras para o afastamento da competição.

 

A não participação no estadual acarreta ao time de Campo Maior o rebaixamento automático para a Série B, a suspensão do clube de todas as competições profissionais e não profissionais por um prazo de dois anos, além do pagamento das multas estabelecidas no Regulamento Específico do Campeonato Piauiense de Futebol Profissional Série A de 2017 e Regulamento Geral das Competições da FFP. O time também será julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) e poderá sofrer outras sanções financeiras.

 

“As penalidades são administrativas. Iremos enviar o caso ao TJD-PI, que irá analisar e julgar o ato do abandono, suspensão e ainda poderá aplicar uma multa no valor entre R$ 100,00 e R$ 100 mil reais”, disse o presidente da FFP, Cesarino Oliveira.

 

Com o abandono do Bode, a competição passa a ser disputada entre 4 de Julho, Altos, Flamengo, Parnahyba, Piauí, Picos e River. Segundo a resolução 001/2017 publicada pela FFP, com o rebaixamento automático do Comercial, apenas uma das sete equipes que irão participar do campeonato cai para a segunda divisão em 2018. Ainda de acordo com o documento, a tabela do estadual permanece a mesma, com um clube folgando a cada rodada.

 

A Série A do Campeonato Piauiense 2017 começa no dia 31 de janeiro, com Picos e River fazendo o jogo de abertura às 20h, no Estádio Helvídio Nunes, em Picos. A rodada segue no dia 1º de fevereiro com outros dois jogos: Piauí x Altos, às 19h, no Lindolfo Monteiro, em Teresina; e 4 de Julho x Flamengo, às 20h, na Arena Ytacoatiara, em Piripiri.

 

Veja os documentos:

 

Nota Oficial FFP

 

Portaria 002/2017

 

Resolução 001/2017